Deleuze, os Movimentos Aberrantes

Autor: David Lapoujade
ISBN: 978-85-66943-19-1
Editora: N-1 edições
Ano: 2015

R$ 50,00

Fora de estoque

Categoria: Tag:

Sobre o autor

David Lapoujade

David Lapoujade é um dos autores mais interessantes da nova safra de pensadores franceses. Professor da Sorbonne, ex-aluno e amigo pessoal de Gilles Deleuze, por muito tempo hesitou em escrever sobre o antigo mestre. Passados vinte anos desde a morte do filósofo, no entanto, o autor não resistiu à tentação de se debruçar sobre o seu pensamento de maneira sistemática. O resultado é este livro magistral: com sua escrita clara e delicada, Lapoujade recusa as interpretações mais correntes da obra de Deleuze. Aqui, são os movimentos aberrantes que tomam o proscênio. Irracionais, possuem uma lógica própria que o livro analisa e faz ressoar com a atualidade mais candente. Afinal, são esses movimentos aberrantes que apontam para os novos modos de povoamento da terra — não apenas humanos, animais, físicos ou químicos, mas também de populações afetivas, mentais e estéticas; combatendo, assim, as formas de organização sociopolíticas que ainda pesam sobre nós.

DAVID LAPOUJADE é um dos autores mais interessantes da nova safra de pensadores franceses. Professor da Sorbonne, ex-aluno e amigo pessoal de Gilles Deleuze, por muito tempo hesitou em escrever sobre o antigo mestre. Passados vinte anos desde a morte do filósofo, no entanto, o autor não resistiu à tentação de se debruçar sobre o seu pensamento de maneira sistemática. O resultado é este livro magistral: com sua escrita clara e delicada, Lapoujade recusa as interpretações mais correntes da obra de Deleuze. Aqui, são os movimentos aberrantes que tomam o proscênio. Irracionais, possuem uma lógica própria que o livro analisa e faz ressoar com a atualidade mais candente. Afinal, são esses movimentos aberrantes que apontam para os novos modos de povoamento da terra — não apenas humanos, animais, físicos ou químicos, mas também de populações afetivas, mentais e estéticas; combatendo, assim, as formas de organização sociopolíticas que ainda pesam sobre nós.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Deleuze, os Movimentos Aberrantes”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *