Crítica da razão negra

Autor Achille Mbembe
ISBN 978-85-66943-51-1
Editora: n-1 edições
Ano: 2018

R$ 85,00

4 em estoque

Categorias: ,

Sobre o autor

Achille Mbembe

Achille Mbembe é um dos maiores pensadores da atualidade. Nascido nos Camarões, é professor de História e de Ciência Política da Universidade de Witwatersrand, em Joanesburgo, África do Sul, bem como da Duke University, nos Estados Unidos. É autor de obras como De la postcolonie: Essai sur l’imagination politique dans l’Afrique contemporaine (Karthala, 2000), Sair da grande noite: Ensaio sobre a África descolonizada (Mulemba/Pedago, 2014) e Necropolítica (n-1 edições, 2018).

De todos os humanos, o negro é o único cuja carne foi convertida em mercadoria. Aliás, negro e raça têm sido sinônimos no imaginário das sociedades europeias. Desde o século XVIII, constituíram ambos o subsolo inconfesso e muitas vezes negado a partir do qual se difundiu o projeto moderno de conhecimento – e também de governo. Será possível que a relegação da Europa à categoria de mera província do mundo acarretará a extinção do racismo, com a dissolução de um de seus mais cruciais significantes, o negro? Ou, pelo contrário, uma vez desmantelada essa figura histórica, todos nós nos tornaremos os negros do novo racismo fabricado em escala global pelas políticas neoliberais e securitárias, pelas novas guerras de ocupação e predação e pelas práticas de zoneamento?
Neste ensaio ao mesmo tempo erudito e iconoclasta, Achille Mbembe empreende uma reflexão crítica indispensável para responder à principal questão sobre o mundo contemporâneo: como pensar a diferença e a vida, o semelhante e o dessemelhante?

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Crítica da razão negra”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *